Números, números, números Reviewed by Momizat on . A mídia continua praticando a arte de desumanizar os palestinos. Transforma em míseros números seres humanos. Os palestinos não têm família, não tem pais, não t A mídia continua praticando a arte de desumanizar os palestinos. Transforma em míseros números seres humanos. Os palestinos não têm família, não tem pais, não t Rating: 0

Números, números, números

A mídia continua praticando a arte de desumanizar os palestinos.

Transforma em míseros números seres humanos.
Os palestinos não têm família, não tem pais, não tem filhos, não tem irmãos.
Enfim, para a mídia os palestinos não são humanos, são números.
Tudo bem que os patrões da mídia-empresa cultivem a censura a ferro e fogo.
Mas, e os jornalistas?
Por que não se revoltam com tamanha iniqüidade?
Será que um vale-refeição vale tudo isso?
Ou eles acham que essa obediência cega vai permitir que freqüentem a Casa Grande?
Israel está massacrando impunemente os palestinos em nome da paz.
A paz dos cemitérios.
Israel não vai parar enquanto tiver o apoio do capitão-do-mato que pensa governar os Estados Unidos.
Uma pergunta.
O que os europeus estão fazendo num país asiático?
O que eles estão fazendo na Palestina?
Porque não voltam para suas casas e deixam a Palestina para os palestinos?
Os palestinos não invadiram a Europa e nem causaram o holocausto.
Alias, sobre o holocausto há um fato interessante contado pelo professor e escritor judeu Norman Finkelstein, autor da obra A Indústria do Holocausto.
Ele narra que sua mãe, sobrevivente de um campo de concentração, ficou indignada com o número de judeus que se diziam ( e ainda se dizem) sobreviventes do holocausto para receber indenização monetária – Filho, desse jeito as pessoas devem estar se perguntando: quem morreu no holocausto?

Deixe um comentário

Você deve ser logged em para postar um comentário.

Voltar para o topo