Líder da Autoridade Palestina é acusado de ter fortuna escondida Reviewed by Momizat on .   Muhammad Rashid, ex-assessor financeiro de Yasser Arafat – que esteve à frente dos palestinos com a Organização para Libertação da Palestina (OLP) -, hav   Muhammad Rashid, ex-assessor financeiro de Yasser Arafat – que esteve à frente dos palestinos com a Organização para Libertação da Palestina (OLP) -, hav Rating: 0

Líder da Autoridade Palestina é acusado de ter fortuna escondida

 

Muhammad Rashid, ex-assessor financeiro de Yasser Arafat – que esteve à frente dos palestinos com a Organização para Libertação da Palestina (OLP) -, havia sido condenado a 15 anos de prisão e ao pagamento de uma multa de 15 milhões de dólares por mal-uso do orçamento público e lavagem de dinheiro.

Recentemente, Rashid acusou o atual líder dos palestinos, Mahmoud Abbas, de ter uma fortuna escondida de 100 milhões de dólares e exigiu que fosse realizada uma investigação. Ele também acusou os dois filhos de Abbas, os empresários Tarek e Yasser Abbas, de corrupção.

Rashid disse ter a documentação que comprovaria que o movimento Fatah, também liderado pelo presidente da Autoridade Palestina, tem uma conta bancária secreta na Jordânia com cerca de US$ 40 milhões, dos quais US$ 13 milhões teriam sido de doações norte-americanas destinadas ao povo palestino.

O Fatah chamou o iraquiano Rashid de traidor que faria parte de uma conspiração internacional contra o presidente da Autoridade Palestina.  O movimento palestino recomendou aos meios de comunicação que não o entrevistassem.

Fonte: Gospel+

Deixe um comentário

Você deve ser logged em para postar um comentário.

Voltar para o topo