Descendentes de Herodes matam em Gaza 220 crianças em 12 dias Reviewed by Momizat on . Em 12 dias de agressão a Gaza, 220 crianças palestinas já foram mortas pelo exército israelense, e é cada vez maior a proporção de crianças em relação ao total Em 12 dias de agressão a Gaza, 220 crianças palestinas já foram mortas pelo exército israelense, e é cada vez maior a proporção de crianças em relação ao total Rating: 0

Descendentes de Herodes matam em Gaza 220 crianças em 12 dias

Em 12 dias de agressão a Gaza, 220 crianças palestinas já foram mortas pelo exército israelense, e é cada vez maior a proporção de crianças em relação ao total de mortos desde que começou a invasão por terra.

A matança remete a Herodes, o rei judeu que mandou matar todas as crianças com o objetivo de impedir a libertação da sua terra ocupada pelo império da época, o império romano, do qual fazia questão de ser o mais brutal serviçal.

E as crias de Herodes dos tempos modernos não têm qualquer pejo quando se trata de travestir seus crimes. Indagado em uma entrevista, após a chacina na escola da ONU em Gaza, sobre porque morriam mais crianças palestinas do que crianças israelenses, o atual presidente de Israel, Shimon Peres, provavelmente desejando ganhar o Prêmio Nobel de Psicopatia, afirmou que é porque “nós, os israelenses, cuidamos melhor das nossas crianças”.

Ou seja: não é ele que manda bombardear lares palestinos com aviões F-16, helicópteros Apache e mísseis; que despeja sobre as famílias palestinas bombas de fósforo, bombas de fragmentação e outras armas proibidas pelas convenções de guerra de Genebra; que ataca com tanques e com navios; que explode casas sobre as cabeças dos seus moradores; ou que corta o fornecimento de água, luz, combustível, comida e remédios a Gaza; que ali repete Guernica e Varsóvia. Não: a culpa é das vítimas dos seus crimes contra a Humanidade.

Deixe um comentário

Você deve ser logged em para postar um comentário.

Voltar para o topo