Chile: clube de futebol usa antigo mapa da Palestina em camisa e comunidade judia reage Reviewed by Momizat on . Chile: clube de futebol usa antigo mapa da Palestina em camisa e comunidade judia reage Victor Farinelli | Santiago - 06/01/2014 - 16h00 O CD Palestino substitu Chile: clube de futebol usa antigo mapa da Palestina em camisa e comunidade judia reage Victor Farinelli | Santiago - 06/01/2014 - 16h00 O CD Palestino substitu Rating: 0

Chile: clube de futebol usa antigo mapa da Palestina em camisa e comunidade judia reage

Chile: clube de futebol usa antigo mapa da Palestina em camisa e comunidade judia reage

O CD Palestino substituiu o número 1 dos jogadores pelo mapa do território palestino segundo as fronteiras de 1945

A comunidade palestina no Chile é uma das maiores do mundo, tanto que tem até o seu próprio clube de futebol, o CD Palestino. Duas vezes campeão do campeonato chileno (1955 e 1978), duas vezes da Copa Chile (1975 e 1977) e capitaneado entre 1977 e 1980 pelo zagueiro Elías Figueroa, maior ídolo do futebol no país, o clube provocou polêmica essa semana ao lançar o novo uniforme do clube. Isso porque os números 1 nas costas dos jogadores têm o formato do mapa do território palestino segundo as fronteiras de 1945, antes da criação do Estado de Israel.

El Nacional.cl

Neste sábado (04/01), o time venceu o Everton de Viña del Mar por 4 x 0, resultado que lhe deu a liderança do torneio no final da primeira rodada. Apesar de não ter feito nenhum dos gols, o meia Alejandro Carrasco foi o jogador mais buscado pelas câmeras durante o confronto, já que sua camiseta trazia dois mapas da antiga Palestina no lugar do número 11.

Leia também:

Segundo o presidente do clube, Fernando Aguad, a estampa pretende “aprofundar a relação do clube com as origens, para torná-lo um legítimo representante da Palestina, não somente da comunidade chilena”. Aguad também descartou que o mapa no uniforme tenha sido uma provocação a Israel ou contra a comunidade israelense no Chile.

 

 

 

“Estamos em um país onde temos a liberdade de expressar nossa opinião, assim como os clubes judeus no Chile e no mundo também se manifestam em favor do Estado de Israel, e isso não causa polêmica”, afirmou.

Reação

No entanto, a comunidade judaica no Chile reagiu com indignação. O ex-presidente da Fraternidade Chileno-Israelense, o advogado Gabriel Zaliasnik, disse que entrará com uma representação na ANFP (Associação Nacional de Futebol Profissional do Chile) pedindo a desclassificação do Palestino do campeonato, e seu rebaixamento para a segunda divisão.

Caso não tenha sucesso, Zaliasnik pretende levar a reclamação até a FIFA (Federação Internacional de Futebol). “A irresponsabilidade do clube fez com que o ódio fosse institucionalizado no futebol chileno. Essa conduta não pode ser tolerada, pois contraria normas da FIFA e poderia resultar em sanções para o futebol chileno como um todo”, argumentou o jurista.

A ANFP não se pronunciou sobre o tema. A decisão sobre sanções ou não ao Palestino por seu novo uniforme será tomada na reunião mensal da entidade presidida por Sergio Jadue, que também é advogado e tem origem palestina.

Deixe um comentário

Você deve ser logged em para postar um comentário.

Voltar para o topo