O principal erro da França é renunciar a uma aliança com a Rússia na luta contra o grupo jihadista Estado Islâmico, afirma François Fillon, ex-primeiro-ministro francês e um dos líderes do maior partido de oposição do país.

'O erro da França é renunciar à aliança com a Rússia contra o Estado Islâmico' © Sputnik/ Alexei Danichev MUNDO 13:49 16.11.2015(atualizado 07:14 17.11.2015) URL curta Tema: Capital francesa sofre pior atentado da história (68) 295752330 O principal erro da França é renunciar a uma aliança com a Rússia na luta contra o grupo jihadista Estado Islâmico, afirma François Fillon, ex-primeiro-ministro francês e u ...

Ler mais

A favor dos palestinos, contra o maniqueísmo!

A favor dos palestinos, contra o maniqueísmo! Antonio Ozaí da Silva*   “A análise verdadeiramente intelectual proíbe chamar um dos lados de inocente, e o outro, de perverso” (Edward W. Said)   “Os sionistas e o Ocidente pretendiam resolver na Palestina um problema cuja origem não estava no mundo árabe. Na realidade, não fizeram mais que criar um novo problema, uma grande injustiça: a questão palestina. Na s ...

Ler mais

autoridade palestina muita conversa,e nenhuma ação sobre a morte de Abu Ein

Palestinian President Mahmoud Abbas shows a picture of Palestinian Minister Ziad Abu Ein as Abu Ein was grabbed by an Israeli fonte Read more: http://www.al-monitor.com/pulse/en/contents/articles/originals/2014/12/palestinian-authority-silence-abu-ein.html##ixzz3MD3DFs9p   Presidente Mahmoud Abbas  mostra uma imagem do ministro palestino Ziad Abu Ein e  como Abu Ein foi agarrado por um policial de fron ...

Ler mais

Tarso Genro cancela acordo com empresa israelense após pressão da comunidade palestina

Tarso Genro cancela acordo com empresa israelense após pressão da comunidade palestina Tarso Genro entregou nesta terça-feira (02) carta ao embaixador da Palestina Ibraim Alzeben; na foto, reunião dos dois em Brasília em agosto | Foto: Caroline Bicocchi/Palácio Piratini Samir Oliveira Atualizado às 15h20 desta quarta-feira (03) Em seu último mês de mandato, o governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro (PT) ...

Ler mais

800 personalidades israelitas apelam que a Europa reconheça a Palestina como Estado independente

800 personalidades israelitas apelam que a Europa reconheça a Palestina como Estado independente A carta aberta foi assinada por escritores proeminentes, como Amos Oz e David Grossman, e também por intelectuais como o Prémio Nobel da Economia Daniel Kahneman. ESQUERDA.NEThai 3 dias   Uma carta assinada por mais de 800 personalidades e intelectuais israelitas deve chegar aos parlamentos da Bélgica, Dina ...

Ler mais

GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL CANCELA ACORDO COM A EMPRESA ISRAELENSE ELBIT

GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL CANCELA ACORDO COM A EMPRESA ISRAELENSE ELBIT Em nome do Presidente da FEPAL – Federação Árabe Palestina do Brasil e de seus diretores, agradeço o Governador Tarso Genro pelo seu compromisso histórico com os direitos humanos e nacionais do povo palestino, direitos esses consagrados no Direito Internacional e, especialmente, nas resoluções da ONU – Organização das Nações Unidas. ...

Ler mais

domingo, 24 de agosto de 2014 Entrevista com Renatho Costa

domingo, 24 de agosto de 2014 Entrevista com Renatho Costa Renatho Costa é professor do curso de Relações Internacionais da Unipampa especializado em questões relacionadas ao Oriente Médio. Ano passado ele, junto a 11 discentes (Beatriz Naddi, Carla Ricci, Carlos Henrique Moraes, Cássio Dias, Débora Faria, Diego Araújo, Jéssica Monteiro, Rafael Masson, Rodrigo Duque Estrada, Túlio Bunder e Yesa Ormond), fiz ...

Ler mais

Sobreviventes do Holocausto condenar Israel por “genocídio” em Gaza

  Postado: 09:22 domingo, agosto 24, 2014   Sobreviventes do Holocausto condenar Israel por "genocídio" em Gaza   Sobreviventes do Holocausto condenar Israel por "genocídio" em Gaza   Ampliação da Imagem Mark Wilson WASHINGTON, DC - 11 de julho: Um homem que queria ondas para não ser identificado uma bandeira palestina enquanto protestavam o bombardeio israelense de Gaza durante um protesto em frente à ...

Ler mais

José Mena Abrantes O genocídio começa com o silêncio do mundo

José Mena Abrantes O genocídio começa com o silêncio do mundo 1 Por muito que se tente evitar voltar ao tema do conflito israelo-palestino, ele entra-nos pela consciência de uma forma impossível de se ignorar. Sobretudo porque é por demais chocante o contraste entre o genocídio que está a ser levado a cabo pelo regime sionista e os argumentos que este e os seus cúmplices utilizam para o defender ou branquea ...

Ler mais
Voltar para o topo