A guerra de Israel nas universidades americanas

A guerra de Israel nas universidades americanas O governo israelita além disso está a fazer pressão nas legislaturas do estado de Nova Iorque, Maryland e Illinois com legislação censória e antidemocrática que imponha sanções financeiras a organizações académicas que boicotem as instituições israelitas. Artigo de Chris Hedges, publicado em Truth Dig. 24 de Março, 2014 - 01:56h Primeiro-ministro israelita Ben ...

Ler mais

Diversidade Cultural – Emir Sader – DIÁRIO DA PALESTINA – parte 1 e 2

Diario da Palestina (1) A RESISTENCIA CULTURAL PALESTINA Uma ocupação colonial não é apenas uma ocupação militar. Ela precisa tentar impedir a sobrevivência da cultura, da memória do povo ocupado. Mais ainda se se trata da ocupação de um povo com uma das mais antigas histórias e mais ricas culturas. Como era impossível que a Capital da Cultura Árabe pudesse ser Bagdá, pela ocupação das tropas norte-american ...

Ler mais

Diário da Palestina (2): ocupação, colonialismo e apartheid por Emir Sader em 24/06/2009 às 12:55 Direto de Ramallah, Palestina

Diário da Palestina (2): ocupação, colonialismo e apartheid por Emir Sader em 24/06/2009 às 12:55     Direto de Ramallah, Palestina Uma coisa é ouvir falar, ler, falar de ocupação. Outra é ver o que significa. Ramallah, uma cidade pacífica, sem violência, sem problemas de segurança, onde se pode andar por qualquer bairro a qualquer hora do dia ou da noite, uma cidade sem população de rua, sem crianças ...

Ler mais

joseph masaad Diálogo israelense-palestino não avança; EUA anunciam intervenção

Diálogo israelense-palestino não avança; EUA anunciam intervenção   Em meio ao crescente descrédito das negociações entre Israel e Palestina e do papel dos EUA, o governo do presidente Barack Obama anuncia que apresentará um plano para a elaboração de um “acordo-quadro” sobre a resolução final do conflito em janeiro. A declaração, dada à imprensa por uma parlamentar israelense, nesta segunda-feira (4), ...

Ler mais

Israel: antissemita e colonialista

Israel: antissemita e colonialista Publicado el 20/05/2013 por losotrosjudios Estándar Artigo censurado de Joseph Massad. O holocausto judaico matou a maioria dos judeus que lutaram contra o anti-semitismo europeu, incluindo o sionismo, escreve Joseph Massad. Foto AFP. Os judeus que se opunham ao sionismo compreenderam, desde o início, que o movimento incorporava o antissemitismo em seu diagnóstico do que o ...

Ler mais

“A VOTAÇÃO NA ONU LEGITIMOU O STATUS QUO RACISTA” [CONTRA OS PALESTINOS]

“A VOTAÇÃO NA ONU LEGITIMOU O STATUS QUO RACISTA” [CONTRA OS PALESTINOS] As contínuas e incompreensivelmente impunes invasões e apropriações da Palestina (em verde) pelos israelenses Por Joseph Massad, no jornal inglês “The Guardian” Joseph Massad “Dia 29/11/1947, a Assembleia Geral da ONU votou e aprovou a divisão da Palestina entre os palestinos nativos e colonos judeus majoritariamente europeus. O plano ...

Ler mais

Joseph Massad Sionismo, antisemitismo y colonialismo

  Sionismo, antisemitismo y colonialismo   Joseph Massad   Al-Yazira Traducido para Rebelión por J. M. y revisado por Caty R. Los líderes sionistas reconocieron conscientemente que el concepto del antisemitismo era esencial para su proyecto colonial. Benjamín Netanyahu sostuvo en su discurso del año en las Naciones Unidas que "la resistencia palestina a los asentamientos coloniales judíos en ...

Ler mais

Joseph Massad sobre os acordos de Oslo

Joseph Massad sobre os acordos de Oslo Como a renúncia aos direitos palestinianos se transformou na linguagem da paz Os acordos de Oslo de 1993 não só inauguraram uma nova era nas relações israelo-palestinianas, como têm tido também um papel muito mais duradouro na transformação da linguagem através da qual estas relações têm sido regidas internacionalmente e no modo como as chefias palestinianas as percepc ...

Ler mais

Instabilidade árabe e estratégia dos EUA Joseph Massad é Professor Associado de Modern Política e História Intelectual Árabe no Departamento de Oriente Médio, sul da Ásia e Estudos Africanos na Universidade de Columbia , cujo trabalho acadêmico tem se concentrado em Palestina , o seu livro Efeitos Colonial foi elogiado pela crítica, tanto por vários acadêmicos de alto nível em Estudos do Oriente Médio, incluindo Edward Said , que descreveu o livro como “uma obra de brilho genuíno”

Instabilidade árabe e estratégia dos EUA Essa instabilidade pode, sim, forçar uma mudança das regras estratégicas do jogo que os EUA introduziram na região depois da II Guerra Mundial 30/07/2012 Joseph Massad Um ano e meio depois do que a imprensa e funcionários do governo dos EUA insistem em chamar de “Primavera Árabe”, há bem pouca democracia nos países árabes, inclusive nos países que derrubaram ditadura ...

Ler mais

A partilha da Palestina

A partilha da Palestina Os judeus temem ver revelado perante os olhos do mundo o fato de ser a impostura do "Holocausto" o que permitiu, no rastro da Segunda Guerra Mundial, a criação na terra da Palestina de uma colônia judaica chamada Israel; e tudo isso num tempo em que (com a exceção do império comunista) um gigantesco movimento anticolonialista estava em andamento. Robert Faurisson Exatamente trinta an ...

Ler mais
Voltar para o topo