Conselho dos Direitos humanos reune extraordinariamente amanhã para analisar relatório Goldstone

O Conselho dos Direitos Humanos (CDH) da ONU debaterá na próxima quinta-feira, numa sessão especial, o relatório Goldstone, que estabeleceu que Israel e o Hamas cometeram crimes de guerra, e o primeiro possivelmente contra a humanidade, durante a ofensiva na Faixa de Gaza entre Dezembro do ano passado e Janeiro de 2009. Segundo a ONU informou hoje, 18 países dos 47 que integram o CDH, apoiaram a convocação ...

Ler mais

Hamas recusa proposta do Egipto porque não refere o “direito à resistência”

A direcção do Hamas declarou nesta quinta-feira, 15, que recusou a proposta de reconciliação do Egipto. O Hamas e outras sete organizações palestinas emitiram um comunicado conjunto indicando que o plano de reconciliação deve ser revisto para incluir uma referência ao direito dos palestinos resistirem à ocupação israelita. "Ao texto apresentado pelo Cairo às organizações palestinas falta visão política não ...

Ler mais

Conselho de Segurança debateu a contra-gosto crimes de guerra

O debate realizado ontem no Conselho de Segurança da ONU sobre o relatório Goldstone, visto por Joaquim Utset da EFE. O debate aprofundou as diferenças entre israelitas e palestinos, o que complica ainda mais a retomada do processo de paz entre as duas partes. Israel sustenta que este polémico documento é um impedimento a sua vontade de dialogar com os palestinos; estes, por sua vez, insistem em que alcança ...

Ler mais

Projecto de resolução sobre a situação dos direitos humanos nos Territórios Palestinos Ocupados, incluindo Jerusalém Oriental

Palestina*, Egipto (em nome do Movimento Não-Alinhado), Nigéria (em nome do Grupo Africano), Paquistão (em nome da Organização da Conferência Islâmica), Tunísia * (em nome do Grupo Árabe): * Estado Não-Membro do Conselho de Direitos Humanos. Projecto de Resolução 12 / ... A situação dos direitos humanos nos Territórios Palestinos Ocupados, incluindo Jerusalém Oriental A O Conselho dos Direitos Humanos, Reco ...

Ler mais

A votação e a declaração de voto dos EUA no Conselho dos Direitos Humanos

25 (53,2%) dos 47 países que compõem o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas (CDH) votaram a favor das conclusões do relatório Goldstone.Votaram contra apenas 6 países: EUA, Eslováquia, Holanda, Hungria, Itália e Ucrania.Abstiveram-se 11 países: Bélgica, Bósnia e Herzegovina, Burquiina Faso, Camarões, Eslovénia, Gabão, Japão, México, Noruega, República da Coreia e UruguaiO representante dos EUA, Do ...

Ler mais

Soldados israelitas apoiam publicamente colonização dos territórios palestinos ocupados

Alguns soldados do Exército de Israel manifestaram solidariedade aos colonos judeus da Cisjordânia ocupada durante uma cerimónia em Jerusalém, o que provocou protestos no país, informa a imprensa israelita. Vários recrutas da unidade de infantaria de elite Kfir mobilizada na Cisjordânia exibiram faixas de apoio aos colonos durante a cerimánia de juramento no Muro das Lamentações. "Não evacuaremos Homesh", a ...

Ler mais

Os Shiministim: Jovens israelitas que rejeitam servir o Exército de ocupação

SHIMINISTIM Recusando servir a ocupação! Somos adolescentes israelitas que se recusam a participar num exército que ocupa ilegalmente e brutalmente os territórios palestinos e estão dispostos a pagar o preço da nossa luta contra a ocupação e em favor da paz. Este é um artigo assinado por Ana Cárdenes para a Agência EFE, que a partir daqui transcrevemos: Todos os anos, um pequeno grupo de jovens rejeita a co ...

Ler mais

Forças de ocupação israelita reprimem palestinos na Esplanada das Mesquitas

Forças de ocupação israelitas invadiram um dos locais sagrados mais sensíveis em Jerusalém, disparando canhões de água e bombas de efeito psicológico para tentar dispersar uma multidão de manifestantes palestinos que alegadamente os apedrejavam. Trata-se de um dos incidentes mais intensos dos últimos dias numa área considerada sagrada para muçulmanos e judeus. O confronto entre jovens de origem palestina e ...

Ler mais

A Amnistia Internacional acusou Israel

A Amnistia Internacional acusou Israel de estar a bloquear o acesso dos palestinianos ao mínimo essencial de água potável em toda a zona ocupada da Cisjordânia e também na Faixa de Gaza. A situação presente atingiu um “ponto de crise”, sublinha o grupo de defesa dos direitos humanos num relatório hoje divulgado e prontamente contestado pelas autoridades em Telavive. O Governo israelita argumenta que a avali ...

Ler mais

A notícia que o Público me enviou: Rabis querem mais judeus no Pátio das Mesquitas

Verifiquei que recebi do endereço alertas@publico.pt um alerta de "Última hora", que no meu computador apresenta a data "ter 27-10-2009 6:04", intitulado: Rabis querem mais judeus no Pátio das Mesquitas Como não encontro a notícia no site do Público passo a transcreve-la na íntegra: O Pátio das Mesquitas, em Jerusalém Oriental, reabriu ontem, um dia depois de violentos confrontos entre jovens palestinianos ...

Ler mais
Voltar para o topo